Em serviços essenciais como a área da saúde, hábitos criteriosos de limpeza e higiene são centrais na contenção da COVID-19 e de outras doenças infectocontagiosas. Os serviços de uma equipe capacitada, que segue protocolos rígidos de atuação e segurança, são fundamentais para o bom funcionamento de qualquer instituição de saúde neste cenário.

Durante nossa atuação com o projeto Conexões do Cuidar nos hospitais, notamos o quanto o serviço de desinfecção hospitalar é fundamental para a segurança e bem-estar de todos que circulam nesses ambientes. No Hospital de Campanha do Anhembi em que realizamos crachás humanizados, por exemplo, a empresa Apoio Ecolimp, que atua há mais de 30 anos na área da saúde, é a responsável pela desinfecção e higienização.

Segundo Debora Andrade, coordenadora de Qualidade em Saúde e responsável técnica da ApoioEcolimp, em função da pandemia do novo Coronavírus, algumas mudanças na frequência de atuação foram crescendo e, consequentemente, a equipe se adaptando. “Nós intensificamos a quantidade de limpeza em todos os locais, focando sempre nos pontos de maior contato como maçaneta, interruptores, botões de elevadores, corrimão, mesas, cadeiras, o que certifica que ali não seria um ponto com risco de disseminação do COVID-19”, comenta Debora.

Ainda segundo a coordenadora, é importante frisar que todos os procedimentos são seguidos conforme a nota técnica da Anvisa relacionado a COVID, no entanto a experiência no setor é crucial. “Conforme a Anvisa, não se diferencia a limpeza. Nós, como boa prática, e por já termos a expertise em higienização e limpeza hospitalar, intensificamos a limpeza e mudamos alguns EPIs, até mesmo para prevenir os nossos colaboradores”, finaliza.

De fato, medidas como estas têm sido fundamentais para o bom funcionamento dos hospitais e, por consequência, benéficas para a sociedade como um todo através da prevenção da propagação do vírus.

Leave a Reply